1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Moçambique

Atendimento grosseiro de idosos por funcionários públicos em Nampula

Idosos da província moçambicana de Nampula queixam-se de agressões verbais por parte dos funcionários do Instituto Nacional de Segurança Social. O governo regional garante que vai punir quem desrespeitar os idosos.

"Ancha" costuma ir à Segurança Social com um único objectivo: receber as pensões de viuvez. Mas a idosa conta que, muitas vezes, quando faz perguntas, os funcionários a tratam mal. Já por várias vezes lhe responderam com palavras ofensivas. É algo a que não está habituada, diz: “Meu falecido esposo sempre me tratou bem. Vivi feliz com ele durante 35 anos. Perdeu a vida sem soltar palavras feias para mim”.

À semelhança de "Ancha", uma outra viúva, que pediu para não ser identificada, disse que foi alvo de injúrias na semana passada: “Acusaram-nos de matarmos os nossos maridos. Isso diz-se? Isso é para magoar. Eles fartaram-se de trabalhar e pagar para assegurar o futuro da mulher e dos filhos. E agora que precisamos, querem-nos ofender?”

Mau atendimento costumeiro

Sozialamt in Nampula Mosambik Afrika

O Instituto Nacional de Segurança Social em Nampula

Não se trata de casos pontuais ou excecionais. A DW África apurou junto de reformados que esta é uma situação que se vem verificando ao longo dos últimos cinco anos, sem que tenham sido tomadas medidas concretas para a combater. Além das injúrias, há ainda queixas de que os mais velhos passam muito tempo na sala de espera para serem atendidos. O que contraria abertamente os regulamentos em vigor no país que exigem que seja dada prioridade aos idosos.

O recém-empossado diretor Provincial do Trabalho, Emprego e Segurança Social, Domingos Sambo, desdramatiza, salientando que estes são problemas do passado. E promete punições, caso haja novas denúncias de desrespeito aos idosos e demais utentes da Segurança Social. Sambo não especificou o teor das punições. Mas referiu apenas que haverá avisos prévios: “Haverá sempre trabalhos de sensibilização. Estamos a sensibilizar os colegas no sentido de darem maior atenção aos pensionistas e de darem respostas naquela que é a nossa missão de servir o cidadão condignamente”, disse.

Na província de Nampula, o Instituto Nacional de Segurança Social assiste mais de três mil pensionistas, na sua maioria idosos.

Ouvir o áudio 02:05

Atendimento grosseiro de idosos por funcionários públicos em Nampula

Leia mais

Áudios e vídeos relacionados