1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Angola

Angola: Primeiros resultados provisórios dão vitória ao MPLA

O Movimento Popular de Libertação de Angola (MPLA) obteve 64,58% dos votos, quando estão escrutinados os votos de 5.938.853 dos 9.317.294 eleitores inscritos, anunciou em Luanda a Comissão Nacional Eleitoral (CNE).

default

Totais nacionais provisórios foram anunciados pela porta-voz da CNE, Júlia Ferreira

Os números das eleições gerais de 23 de agosto divulgados esta quinta-feira (24.08) pela CNE colocam o partido no poder em Angola no limiar da maioria qualificada ou de dois terços. Com 64,58% dos votos, o MPLA teria perdido 7,28 pontos percentuais em comparação com as eleições de 2012. 

A União Nacional para a Independência Total de Angola (UNITA) obteve 1.043.255 de votos (24,04%, mais 5,73 pontos percentuais do que em 2012) e a Convergência Ampla de Salvação de Angola - Coligação Eleitoral (CASA-CE) alcançou 371.724 votos (8,56%, mais 2,56 pontos percentuais do que em 2012).

Assistir ao vídeo 01:26

UNITA resultados provisórios são "falsos"

Com esta vantagem do MPLA de mais de 40 pontos percentuais ao segundo partido classificado, é quase garantido que João Lourenço será o próximo Presidente de Angola. A Constituição de Angola prevê que o cabeça-de-lista do partido mais votado é eleito Presidente da República.

A UNITA já rejeitou os resultados provisórios divulgados pela CNE. ""Se queremos um país sério, as instituições têm de ser sérias. Não é a CNE que vai contrariar a vontade do povo", disse diz José Pedro Catchiungo, mandatário do maior partido da oposição.

Votação mais equilibrada em Cabinda

A província de Cabinda apresenta, até ao momento, o resultado mais equilibrado da votação, com os dois maiores partidos da oposição, UNITA e CASA-CE, a terem mais votos, juntos, do que o MPLA.  

De acordo com os dados provisórios anunciados em Luanda pela porta-voz da CNE, Júlia Ferreira, com 98,29% das mesas de votos escrutinadas (518 num total de 527), o MPLA lidera a contagem, com 59.865 votos (39,81%). 

Em segundo lugar surge a CASA-CE, com 44.021 votos (29,27%) e depois a UNITA, com 42.392 votos (28,19%). 

A grande distância na votação do enclave surge depois o Partido de Renovação Social (PRS), com 1.582 votos (1,05%), a Frente Nacional de Libertação de Angola (FNLA), com 1.356 votos (0,90%) e a Aliança Patriótica Nacional (APN), com 1.174 votos (0,78%). 
 

 

Leia mais

Áudios e vídeos relacionados