1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

NOTÍCIAS

Angola garante ajuda financeira a S. Tomé e Príncipe

Angola vai disponibilizar 10 milhões de dólares a São Tomé e Príncipe. A ajuda financeira é o resultado mais visível da visita que o Presidente são-tomense efetuou esta quinta-feira, 7 de junho, a Luanda.

O Chefe de Estado são-tomense, Manuel Pinto da Costa, realizou a segunda visita do ano a Angola

O Chefe de Estado são-tomense, Manuel Pinto da Costa, realizou a segunda visita do ano a Angola

O Presidente de S. Tomé e Príncipe chegou, na quarta-feira, 6 de junho, a Luanda para uma visita de 24 horas. Nesta segunda visita este ano a Angola (onde esteve nos dias 31 de janeiro e 1 de fevereiro deste ano), Pinto da Costa viajou com o objetivo de rever a cooperação com as autoridades daquele país. E deixou Angola, esta quinta-feira, 7 de junho, com a garantia de uma ajuda financeira por parte de Angola de 10 milhões de dólares (quase oito milhões de euros).

O apoio financeiro foi anunciado pelo ministro angolano das Relações Exteriores, Georges Chicoti, no final da visita do presidente são-tomense a Angola. Segundo Chicoti, “Angola vai ajudar S. Tomé na reabilitação do porto, mas não só, também noutras estruturas como a agricultura”. A verba deverá ser utilizada na construção de diversas infraestruturas no arquipélago do Golfo da Guiné que, contudo, não foram especificadas.

O fundo de ajuda financeira de Angola será aplicado na agricultura de S. Tomé e Príncipe entre outros sectores

O fundo de ajuda financeira de Angola será aplicado na agricultura de S. Tomé e Príncipe entre outros sectores

O Chefe de Estado são-tomense foi recebido em audiência pelo seu homólogo angolano, José Eduardo dos Santos, na quinta-feira. No final, não houve declarações, mas presume-se que os dois estadistas tenham conversado sobre as relações bilaterais de longa data.

Mais tarde, na sede do partido no poder o MPLA (Movimento Popular de Libertação de Angola), onde foi homenageado pela luta contra o colonialismo português, Pinto da Costa referiu que conta com Angola para o desenvolvimento do seu país.

Para Pinto da Costa, "Angola é um parceiro estratégico importante e fundamental". O Chefe de Estado de S. Tomé e Príncipe expressou ainda que gostaría que, em conjunto, os dois povos lutassem "para que realmente conseguíssemos alcançar os objetivos que levaram o povo angolano à luta e os objetivos que levaram S. Tomé e Príncipe também a lutar”.

A cooperação entre os dois países assenta num memorando de entendimento que abrange as áreas da saúde, da educação, da formação de quadros e sobretudo a do petróleo. Nesta vertente é conhecido o interesse angolano na exploração petrolífera em São Tomé e Príncipe, também disputada pela Nigéria.

Angola tem aumentado os investimentos, nos últimos tempos, em infraestruturas em S. Tomé e Príncipe, país com o qual partilha longas relações históricas e culturais.

Autor: António Carlos (Luanda)
Edição: Glória Sousa / António Rocha

Ouvir o áudio 02:31

Angola garante ajuda financeira a S. Tomé e Príncipe

Leia mais

Áudios e vídeos relacionados