Angola e Moçambique acertam acordo para supressão de vistos | Angola | DW | 18.11.2017
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Angola

Angola e Moçambique acertam acordo para supressão de vistos

O acordo entre os dois países foi assinado esta sexta-feira (18.11) em Luanda. No entanto, ainda não existe data para a execução do acordo.

Angolanos e moçambicanos vão poder circular entre os dois países com livre entrada, depois da assinatura esta sexta-feira (17.11), em Luanda, de um acordo de supressão de vistos em passaportes ordinários.

O acordo, que visa o aumento da mobilidade dos cidadãos e a dinamização do fluxo de investimento e turismo entre estes dois países africanos de língua portuguesa, foi rubricado pelo ministro do Interior de Angola, Ângelo Veiga Tavares, e pelo seu homólogo de Moçambique, Jaime Monteiro, que termina este sábado (18.11) a sua visita a Luanda. A deslocação teve como objetivo o reforço da cooperação bilateral. 

Não foi apontada uma data para a execução deste acordo, tendo em conta que o protocolo deverá ainda ser submetido à aprovação dos conselhos de ministros dos dois países, cuja isenção de visto em passaportes diplomáticos e de serviços já se aplica. 

Na sua intervenção, o ministro do Interior angolano manifestou o interesse de Angola no reforço da cooperação com Moçambique no domínio da segurança, enquanto Jaime Monteiro sublinhou que o acordo acabado de assinar, a par do incremento do turismo, poderá promover o desenvolvimento económico de ambos os Estados.

Além de Moçambique, Angola está a negociar um acordo do género para supressão de vistos com o Governo da África do Sul, a partir de dezembro.

Leia mais