1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Angola

Angola: Cortes de energia só importam quando o Presidente discursa?

O diretor do Aproveitamento Hidroelétrico de Cambambe foi suspenso devido a um apagão em Luanda enquanto o Presidente angolano discursava sobre o estado da Nação, na semana passada. A suspensão está a gerar polémica.

Às 11 horas e 27 minutos de 17 de outubro, as luzes apagaram-se em vários pontos de Luanda e de outras províncias do norte. Muitos dos que viam o discurso do Presidente da República na televisão ficaram impedidos de acompanhar a transmissão. Na altura do apagão, José Eduardo dos Santos falava justamente sobre as melhorias no setor energético.

No dia seguinte, o diretor do Aproveitamento Hidroelétrico de Cambambe, Gerson Moreira, foi suspenso por tempo indeterminado. As autoridades angolanas criaram uma comissão para apurar as causas do corte de energia no sistema norte do país.

Angola Bernardo João

Bernardo João: "A luz tem falhado muitas vezes"

Mas a suspensão está a gerar polémica. Afinal, os cortes de energia não são novidade no país. "Quantos bairros ou municípios ficam sem energia durante semanas ou meses e o ministro da Energia não se atrapalha, ou o próprio Presidente da República não se atrapalha?", questiona o jornalista Makuta Nkondo.

Falhas de energia constantes

Horácia Carlos é testemunha dos cortes de eletricidade constantes. "De quando em vez, vai", conta a moradora do bairro Capalanga, no município de Viana, em Luanda. "Às 7 horas a energia vai e só regressa às 20 horas".

Bernardo João vive um problema semelhante no bairro Palanca, no distrito do Kilamba Kiaxi: "A luz tem falhado muitas vezes no bairro. Às vezes, durante dois ou três dias, duas a três vezes por semana."

Angola Pedro João

Pedro João: "Até agora, não temos resposta"

Há inclusive zonas nos arredores de Luanda onde não há energia elétrica. Pedro João, por exemplo, vive na zona do Zango 3 há cinco anos e nunca viu nenhuma lâmpada acesa na área. "Mandam-nos aguardar mas, até agora, não temos resposta."  

"Bode expiatório"

Será que os cortes de energia só importam quando o Presidente discursa? Para o jornalista Makuta Nkondo, o responsável da barragem de Cambambe, agora suspenso, serviu apenas como bode expiatório. 

"O culpado é mesmo o diretor de Cambambe? Fizeram um inquérito para ver se ele é que foi desligar a energia a partir de Cambambe? Ou aquilo foi um plano bem montado?"

Nkondo, ex-deputado independente pela bancada parlamentar do maior partido da oposição, a União Nacional para a Independência de Angola (UNITA), entende que a solução do problema da eletricidade em Luanda não passa pela suspensão do diretor.

"Por que é que Eduardo dos Santos não é trocado quando a equipa dele falha? Ele é que deveria ser trocado, não é sacrificar um coitadinho, que é o lado mais fraco", afirma Makuta Nkondo.

Ouvir o áudio 03:04

Cortes de energia só importam quando o Presidente discursa?

Leia mais

Áudios e vídeos relacionados