1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Cabo Verde

Alemães e cabo-verdianos procuram parcerias nas energias renováveis

Simpósio juntou alemães e cabo-verdianos na Cidade da Praia para debater cooperação no sector da energia renovável. Empresários alemães estão interessados em parcerias para a distribuição e comercialização de produtos.

default

Painéis solares na cidade da Praia

O primeiro Simpósio Germano-Cabo-verdiano de Energia sobre o tema “Eficiência Energética e Energias Renováveis para o desenvolvimento em Cabo Verde”, realizou-se entre os dias 12 e 16 de outubro, na Cidade da Praia.

Ao todo, oito empresas alemãs estiveram durante cinco dias em Cabo Verde, numa visita para identificar oportunidades de negócio e estabelecer parcerias com empresas cabo-verdianas na área das energias renováveis.

Os empresários alemães esperam que a missão se traduza em parcerias importantes entre os dois países, e que Cabo Verde venha a ser uma plataforma para a entrada no mercado da Comunidade Económica dos Estados da África Ocidental (CEDEAO).

Um ponto de encontro de energia renovável?

Kap Verde - Windturbinen in Cidade da Praia

Turbinas eólicas em Cabo Verde (Praia, Ilha de Santiago)

As autoridades cabo-verdianas também pretendem transformar Cabo Verde numa plataforma de intercâmbio entre a Europa, América e África Ocidental.

“A Alemanha é a principal emissora de novas tecnologias nesta área. Trazendo empresas alemãs, estamos a trazer a tecnologia de ponta”, considera o Director-Geral da Energia em Cabo Verde, Anildo Costa.

A taxa de penetração das energias renováveis na produção de electricidade em Cabo Verde ronda, neste momento, os 25%. O Governo cabo-verdiano traçou como meta atingir uma taxa de penetração de 100% até 2020.

Próxima paragem: turismo

Kap Verde - Deutsch-Kapverdisches Energie-Symposium

Primeiro Simpósio Germano-Cabo-verdiano “Eficiência Energética e Energias Renováveis para o desenvolvimento em Cabo Verde”

“Desenvolvemos um estudo de mercado sobre o que está a acontecer em Cabo Verde, quais os objectivos no sector energético, e montámos esta missão empresarial”, explica Paulo Azevedo, director da Consultoria de Mercado da Câmara de Comércio e Indústria Luso-Alemã. A instituição é responsável por esta missão e ponte com os países da CPLP. Desta feita, diz Paulo Azevedo, a missão envolveu “empresas alemãs mandatadas pelo Ministério da Economia e Energia da Alemanha, que beneficiem o sector energético em Cabo Verde”.

Segundo Paulo Azevedo, a instituição vai realizar “missões empresariais nos próximos três anos”. Para já, acrescenta, “está agendada para junho de 2016 uma missão empresarial do género que envolve um simpósio na Ilha do Sal, aplicando o tema da eficiência energética e energias renováveis ao sector turístico.”

Ouvir o áudio 02:45

Alemães e cabo-verdianos procuram parcerias nas energias renováveis

Já há dois anos, estiveram em Cabo Verde altos representantes do estado federado alemão da Renânia Palatinado, acompanhados de especialistas e 30 empresários com o objectivo de ajudar as autoridades cabo-verdianas a atingir a taxa de penetração de 100% de energias renováveis até 2020.

Leia mais

Áudios e vídeos relacionados